Quanto ganha por mês o Tite?
| | |

Quanto ganhava por mês o Tite?

A Copa do Mundo do Catar trouxe vários assuntos relacionados à Seleção Brasileira, antes e após a sua eliminação, e um deles foi qual é o salário do Tite.

Continua após a publicidade..

Afinal, quanto é que ganhava o treinador da única seleção pentacampeã mundial e que chegou ao Catar com o status de favorita?

Aqui neste conteúdo, você vai saber quanto ganhava um dos técnicos mais bem pagos no mundo e com um dos melhores salários entre os que dirigiram uma seleção na Copa do Mundo 2022. Acompanhe!

Continua após a publicidade..

Salário do Tite: Quanto o treinador ganhava por mês?

Adenor Leonardo Bacchi, o Tite, começou a treinar a Seleção Brasileira em 2016, quando deixou o Corinthians após uma brilhante passagem recheada de títulos importantes.

Na época, Tite era visto como um dos melhores treinadores do Brasil e era considerado o nome natural para dirigir a seleção na próxima copa, substituindo Dunga.

Dunga foi o técnico responsável por reerguer a seleção após o vexame do 7×1 contra a Alemanha no Maracanã, ainda sob o comando de Felipão.

Apesar da expectativa, o capitão do tetra, que havia dirigido a seleção no ciclo da Copa do Mundo de 2010, fracassou em duas Copas Américas (2015 e 2016) e nas campanhas das eliminatórias para 2018.

Dessa forma, Tite chegou ao comando da Seleção Brasileira e gerou uma verdadeira revolução, com uma clara melhoria nos resultados e no futebol jogado pelo time.

Mesmo que todos esperassem um ótimo resultado em 2018, o Brasil foi eliminado nas quartas pela Bélgica, mas Tite ganhou o direito de disputar uma nova Copa, dirigindo a seleção para o ciclo de 2022.

Um dos maiores salários do mundo

Tite foi um dos poucos treinadores na história do Brasil que, após fracassar em uma copa, ganhou a chance de dirigir a Seleção em dois torneios mundiais consecutivos.

Além da 2ª chance, o treinador ainda passou a ganhar muito mais e tornou-se um dos mais bem pagos do mundo.

O salário do Tite, em novembro de 2022, era de 19,7 milhões reais por ano, conforme a cotação da época (pois o salário dele era pago em euros, no valor de 3,6 milhões/ano).

Por mês, o rendimento do treinador da Seleção Brasileira na Copa de 2022 girou em torno de 1,6 milhões, um valor considerável.

Entre os quatro maiores salários da Copa

Se o salário do Tite está entre os mais altos do mundo, quando o recorte é apenas dos treinadores que dirigiram uma seleção na Copa do Mundo, o brasileiro ficou no Top-4.

Seu salário de 3,6 milhões de euros era o 4º melhor entre todos os 32 treinadores da Copa do Catar.

Para se ter uma ideia, o treinador Lionel Scaloni, campeão do mundo com a Argentina, recebe um salário de 2,6 milhões de euros/ano, 1 milhão a menos do que Tite (é lógico que esse valor deve aumentar para o argentino após o título).

Já Deschamps, treinador da França desde 2012 e campeão do mundo em 2018, ganha um salário de 3,8 milhões de euros ao ano.

Isso mostra como o salário do Tite é alto, ainda mais considerando que o treinador ganhou com a seleção apenas a Copa América de 2019.

O maior salário da Copa do Mundo do Catar era do treinador alemão Dietr Hansi-Flick, que trocou o Bayern pela Seleção da Alemanha e recebe 6,5 milhões de euros ao ano, em torno de R$ 2 milhões por mês.

Tite não permanece na seleção

Antes mesmo do início da Copa do Mundo do Catar, Tite já havia anunciado que ia deixar a Seleção Brasileira após um ciclo de 6 anos.

Para o seu lugar, a CBF ainda não definiu um substituto e só o deve fazer depois de janeiro, de acordo com o seu presidente.

Os rumores dão conta de que a entidade que comanda o futebol brasileiro deseja um treinador estrangeiro para dirigir o Brasil no próximo ciclo para a Copa do Mundo de 2026.

Alguns nomes já foram especulados desde então, como o de Carlo Ancelotti, atual treinador do Real Madrid e campeão da Champions, e o de Pep Guardiola, treinador do Manchester City.

Os portugueses Jorge Jesus, hoje no futebol da Turquia, e Abel Ferreira, à frente do Palmeiras desde 2020, também foram lembrados.

Aliás, Abel é um dos nomes preferidos da mídia esportiva brasileira, mas falta saber se ele vai deixar o ótimo trabalho no Palmeiras ou ainda se a direção do Verdão vai liberar o técnico para a seleção.

Em termos de nomes brasileiros, Fernando Diniz já foi cotado, mas o treinador deve seguir mesmo no comando do Fluminense e a falta de títulos o deixa para trás na disputa.

Dorival Júnior perdeu força depois de ter sido demitido do Flamengo ainda durante a Copa do Mundo.

Um nome que surgiu a partir das redes sociais foi Mano Menezes, pois de acordo com Caio Ribeiro, ex-jogador e jornalista da Globo, ele deve ser o treinador do Brasil a partir de 2023.

Mano fez um ótimo trabalho em 2022 pelo Internacional, levando o Colorado ao vice nacional, e já dirigiu a Seleção Brasileira entre 2010 e 2012.

Na época da sua demissão, a decisão da CBF foi vista como um ato político e não técnico, pois o treinador tinha bons resultados à frente da Seleção Canarinho.

A contratação dele para dirigir o Brasil até a Copa de 2026 seria uma reparação à sua história, interrompida para dar lugar a Felipão (a história que terminou no 7×1 todos nós conhecemos).

Se for receber o mesmo salário do Tite na Seleção, o novo treinador, brasileiro ou estrangeiro, não terá do que reclamar.

Conclusão

Como visto aqui, o salário do Tite em 2022 era um dos maiores do mundo e o 4º maior entre os treinadores da Copa do Catar. 

Neste artigo, você pode reavaliar a história do treinador na Seleção, viu qual era o salário dele no comando da Canarinho e ainda quem pode ser seu substituto em 2023.

O que achou do texto sobre quanto ganha por mês o Tite?

Posts Similares