4 motivos que fazem Messi ser o melhor do mundo
| | |

4 motivos que fazem Messi ser o melhor do mundo

Continua após a publicidade..

Lionel Messi conquistou o tão sonhado título de campeão mundial pela Argentina e muitos achavam que isso não tinha mais chances de acontecer.

A verdade é que por anos o camisa 10 foi muito contestado no seu próprio país pelo desempenho bem diferente daquele que tinha no Barcelona.

Com a coroação final com uma Copa do Mundo, muito se questiona se Messi é o melhor do mundo ou se há ainda alguém páreo para disputar com ele este título.

Continua após a publicidade..

Além de ser recordista no número de prêmios de melhor do mundo da Fifa, vencendo 6 vezes a disputa, Lionel ganhou também muitos prêmios coletivos ao longo da sua carreira, muitos deles com a sua participação fundamental.

A própria conquista da copa foi uma mostra de como o 10 é extremamente importante para qualquer time, pois conduziu seus companheiros mesmo nos momentos mais difíceis.

Assim, com tudo o que foi dito, fica a questão: quais são os motivos que fazem Messi ser o melhor do mundo?

Veja aqui neste conteúdo completo!

1- O 10 da Argentina tem uma enorme qualidade técnica e tática

Poucos jogadores na história do futebol tiveram ou têm a enorme capacidade e qualidade técnica do argentino quando tem a bola em seus pés.

Lionel é capaz de, com poucos toques, definir uma partida com uma jogada individual incrível ou ainda armando um ataque mortal da sua equipe.

Quando sua equipe não vai bem, ele é capaz de mudar o jogo e a forma como todos jogam, ao saber qual movimentação é a melhor ou quando dar o último passe.

Além disso, Messi é um gênio também taticamente e todos jogam melhor quando o camisa está focado na partida, independente de qual posição atue.

Por isso, não há como negar que este é um grande motivo pelo qual “La Pulga” é o melhor do mundo!

2- Messi ganhou tudo: é um verdadeiro campeão

Se havia uma taça que faltava para Messi tornar-se um campeão completo era a da Copa do Mundo e em 2022 o argentino alcançou um dos seus maiores sonhos.

Até 2021, Lionel havia vencido com a Seleção Argentina “apenas” uma Olimpíada, ou seja, faltava um torneio mais importante para ele com a camisa albiceleste.

De lá para cá, a Argentina foi campeã da Copa América contra o Brasil, em pleno Maracanã, ganhou a Supercopa entre os campeões da Copa América e Eurocopa, vencendo a Itália, e conquistou a Copa do Catar contra a França.

Em termos de clubes, o 10 venceu ligas nacionais, copas nacionais, Champions League e Mundial de Clubes com o Barcelona, além de ser campeão francês com o PSG.

E tudo isso sendo a estrela principal da equipe, mesmo quando o restante do time não jogava bem ou em temporadas nas quais não se acreditava no título.

Para Messi, só falta mesmo uma Libertadores, quem sabe?

3- Artilheiro e garçom: Messi faz de tudo

Todo mundo que acompanha futebol sabe como Messi é um ótimo finalizador e um excelente marcador, não à toa conquistou 6 vezes o título individual de artilheiro da Europa.

Ao todo, já contando os seus gols no Mundial, Lionel já tem 750 gols em jogos oficiais por clubes e pela Seleção Argentina.

Aliás, em sua seleção ele tornou-se o maior artilheiro de todos os tempos da Albiceleste com 96 gols marcados em 171 partidas jogadas, um número realmente impressionante.

Na Copa do Mundo do Catar, Messi mostrou mais uma vez o seu faro de gol e instinto artilheiro ao marcar em todas as fases do torneio e ao se tornar o único jogador a fazer gols em todos os mata-mata de uma mesma edição.

Os seus gols importantíssimos na final também mostraram como ele resolve quando precisa, afinal, sem as bolas na rede que colocou, dificilmente a Argentina teria sido campeã se dependesse de outro jogador.

Contando as suas cinco participações em copas e as 26 partidas jogadas, um outro recorde de Lionel, o craque chegou aos 13 gols.

Esta marca fez o argentino passar ninguém mais, ninguém menos do que Pelé, e agora está a 3 de Miroslav Klose. Quem sabe ele não participa da Copa de 2026 e quebra essa marca?

Fora ser um ótimo marcador, Messi também é conhecido por ser um exemplar “garçom” ao dar assistências para seus companheiros marcarem.

Sem ser “fominha”, o 10 consegue ter participações diretas mesmo quando não balança as redes, ao deixar os companheiros na cara do gol.

O argentino deu três assistências na Copa e isso o fez participar diretamente de 10 gols da Seleção no torneio, realmente impressionante.

4- Messi é decisivo como poucos

Um jogador completo precisa ser decisivo e isso ninguém pode negar que Messi é: o camisa 10 da Argentina aparece quando a equipe mais precisa dele e faz toda a diferença.

A Copa do Mundo do Catar mostrou isso mais uma vez, afinal, o capitão da Argentina foi decisivo em vários jogos, incluindo a final, marcando dois gols muito importantes.

Quando a seleção de Scaloni mais precisou, após a derrota contra a Arábia Saudita na estreia, Messi marcou um lindo gol contra o México e abriu caminho para o time ressurgir no torneio.

O camisa 10 tornou-se o protagonista da Argentina e lembrou os ótimos tempos de Barcelona, quando “levou o time nas costas” mesmo quando a equipe não estava bem no campeonato.

Se Messi for tão decisivo assim nos playoffs da Champions League, que acontecem no 1º semestre de 2023, há grandes chances do PSG levar o título inédito, o que seria mais um feito para “La Pulga”.

Conclusão

Como você viu, Lionel Messi conquistou a tão sonhada Copa do Mundo em 2022 e muito se fala sobre se ele já é, de fato, o melhor do mundo. 

Neste conteúdo, você pode ver como há muitos motivos que corroboram este “título” de melhor jogador para o camisa 10 da Argentina e o porquê ele deve ganhar o 7º troféu da FIFA.

O que acho do texto sobre os 4 motivos que fazem Messi ser o melhor do mundo?

Posts Similares